Secretária particular do vice-ministro da justiça detida na Índia por tráfico de drogas

A secretária particular do vice-ministro do Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos (MJACR), Filimão Suaze, foi detida em 8 de Janeiro, na Índia por tráfico de drogas.

Secretária particular do vice-ministro da justiça detida na Índia por tráfico de drogas

Ainda que a informação continue adormecida e com poucos detalhes disponíveis, a Ministra da Justiça confirma a detenção da Ana Massuanganhe e diz que  aguarda os detalhes do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MINEC) que é o que está por cima do assunto. 

 

Até aqui não se sabe, ao certo, quais quantidades e qual o destino das drogas com que a secretária particular do vice-ministro da justiça foi detida na posse, mas a Torre.News sabe que já foi evitado um esforço, de fórum diplomático, no sentido de se conseguir uma extradição da detida para Moçambique. 

 

Helena kida, ministra da justiça, assegura que, para já, Ana Massuanganhe foi afastada do MJACR e foi indicada uma outra secretária particular para Filimão Suaze, seu vice-ministro. 

 

“Não podemos conhecer quem é quem”, lamentou a ministra, em declarações ao Jornal Evidências, um semanário independente de Moçambique.

 

Refira-se que o tráfico de drogas é um crime que, do lado de Moçambique, preocupa as autoridades, tanto que a Procuradoria-Geral da República instaurou, só ano passado, cerca de 1200 processos-crime relacionados com o tráfico de drogas. 

 

Preocupa também as autoridades o envolvimento de funcionários das instituições de justiça neste tipo de crime, embora a vulnerabilidade das fronteiras seja apontada pela PGR como a principal causa do aumento de casos.