Última Hora: Juízes anunciam greve em todo país a partir do dia 9 de Agosto

A Associação Moçambicana de Juízes (AMJ) anunciou hoje a convocação de uma greve geral da classe a partir de 09 de Agosto próximo, com duração de 30 dias, abrangendo todo o país.

Julho 9, 2024 - 11:31
Julho 9, 2024 - 11:34
 1
Última Hora: Juízes anunciam greve em todo país a partir do dia 9 de Agosto

Segundo o comunicado da AMJ, enviado à TORRE.News, a greve surge como resposta ao silêncio do governo em relação à resolução de um conjunto de inquietações constantes do caderno de reivindicações dos juízes, submetido às autoridades competentes.

“Não tendo sido satisfeitas as inquietações levantadas pelos juízes no seu caderno reivindicativo e não tendo havido qualquer sinal das autoridades governamentais tendente à resolução do assunto, a Assembleia Geral da AMJ, por voto da maioria, deliberou declarar uma greve geral, à escala nacional”, lê-se no comunicado da AMJ.

Tal decisão surge após uma Sessão Extraordinária da Assembleia Geral da agremiação, realizada no dia 06 do mês em curso, cujo objectivo principal foi apreciar o ponto de situação do processo de reivindicação dos direitos dos juízes iniciado formalmente em Maio último.

“A Assembleia Geral da AMJ volta a reunir-se esta semana para definir os detalhes do processo, em especial, a concretização daquilo que serão os serviços mínimos a serem atendidos pelos juízes durante a greve”, refere ainda o documento. A AMJ assegura que, oportunamente, voltará a dar a conhecer à imprensa e ao público em geral os demais aspectos inerentes a todo o processo reivindicativo.

A greve, que deverá abranger mais de 400 juízes moçambicanos, tem como objectivo ver respondidas, pelo governo, preocupações da classe, entre elas a “independência financeira do poder judicial”, salários, segurança e subsídios para os juízes.